Haartransplantation in der Türkei

Causas para a queda de cabelo

Perda capilar, perda de cabelo ou queda de cabelo: não importa o nome. Para algumas pessoas, a perda capilar é um verdadeiro pesadelo. Mas por que ocorre a perda capilar e quais são as causas?

Por que ocorre a perda capilar?

Por que ocorre a perda capilar? Em primeiro lugar, a perda de cabelo é um processo biológico completamente normal.

Cada pessoa (homens e mulheres) perde uma certa quantidade de cabelo todos os dias, geralmente cerca de cem unidades por dia.

Na lavagem do cabelo podem ser até cerca de 300 unidades. Isso é completamente normal e não há motivo para preocupação.

Os cabelos, assim como todos os organismos, têm apenas uma certa expectativa de vida e depois acabam por cair.

É o clico de vida dos cabelos. É desta forma que o couro cabeludo liberta espaço para “descendentes”.

Por que ocorre a perda capilar
ciclos de crescimento do cabelo

O cabelo passa por três ciclos de crescimento:

  • A fase anágena ou de crescimento
  • A catagênica ou fase de transição
  • E o telegen ou fase de descanso

Quando o último ciclo já passou, o cabelo cai.

Durante essa trajetória, o cabelo cresce por dois a seis anos. A fase catágica dura cerca de duas semanas. Enquanto isso, o cabelo deixa de receber mais nutrientes do corpo. O período de descanso, por sua vez, dura entre dois a quatro meses. O cabelo cai e o ciclo recomeça.

O cabelo passa por três ciclos de crescimento:

  • A fase anágena ou de crescimento
  • A catagênica ou fase de transição
  • E o telegen ou fase de descanso

Quando o último ciclo já passou, o cabelo cai.

Durante essa trajetória, o cabelo cresce por dois a seis anos. A fase catágica dura cerca de duas semanas. Enquanto isso, o cabelo deixa de receber mais nutrientes do corpo. O período de descanso, por sua vez, dura entre dois a quatro meses. O cabelo cai e o ciclo recomeça.

ciclos de crescimento do cabelo
causa para a queda capilar homens

Razões para a perda capilar 

As causas da perda capilar são tão diferentes quanto as próprias pessoas, vamos começar com a perda de cabelo auto-induzida.

Por exemplo, há pessoas que sofrem do que é conhecido como tricotilomania – a necessidade de arrancar os cabelos. Outro distúrbio obsessivo-compulsivo é o Trichotemnomania. Nesta doença mental, as pessoas cortam os cabelos e alegam sofrer de perda capilar.

Se a causa mental destas doenças for tratada, as manchas calvas na cabeça podem voltar a desaparecer e regressar tudo ao normal. Há também o chamado “Traktionsalopezie”, que pode ser o resultado de rabos de cavalo, tranças ou coques muito apertados.

Da mesma forma, o cabelo sintético pesado pode levar a que o seu próprio cabelo desenvolva falhas. Em alguns casos, as raízes do cabelo não voltam a crescer. Apenas um transplante capilar poderá ajudar.

Causas da perda capilar – excesso de peso e dietas

O excesso de peso pode ter um efeito negativo no crescimento capilar. Certos produtos causam a degradação do corpo e acumulam-se principalmente no tecido adiposo.

Entram nas glândulas sebáceas através da corrente sanguínea, o que pode levar à perda capilar difusa. Muitas pessoas que sofrem de obesidade também costumam passar por “dietas radicais”.

Como resultado, poucos nutrientes são fornecidos ao corpo e não correspondem ao necessário do que o corpo pede. Essa deficiência, por sua vez, favorece a perda capilar. Para um crescimento saudável do cabelo, por exemplo, o corpo precisa da vitamina B e dos oligoelementos ferro e zinco.

Outras causas de uma deficiência nutricional são a perda cabelar desencadeada, além de uma gravidez (onde o desiquilibrio hormonal desempenha um papel enorme), doenças como anorexia ou bulimia. Pessoas que sofrem de tais sintomas ou doenças, devem consultar um médico com urgência, pois poderão ser fatais.

causa para a queda de cabelo - excesso de peso
Causas da perda capilar – as hormonas

Causas da perda capilar – as hormonas / outras doenças

 

A forma mais conhecida de perda capilar hormonal é certamente a alopecia androgenética ou a perda de cabelo hereditária, que pode afectar tanto homens como mulheres. A causa desta perda capilar é a mesma em ambos os sexos. Os folículos capilares são hipersensíveis a certas hormonas do masculino, os andrógenos. Esta hipersensibilidade encurta a vida útil do cabelo até que em algum momento ele não regride.

Nos homens, a perda capilar hereditária pode começar já na adolescência, justamente quando as “hormonas” estao no seu auge. Começa no topo (padrão comum na calvície) e vai afunilando, percorrendo as laterais chegando à zona parietal ( em cima da nuca) e por fim occipital (atrás da nuca).

Nas mulheres, a alopecia hereditária geralmente começa muito mais tarde, nomeadamente durante a menopausa. Primeiro, o topo fica mais largo e o cabelo fica cada vez mais fino.

O couro cabeludo brilha intensamente através do restante do cabelo. Com 95 por cento, a alopecia androgenética é a principal causa de perda capilar. O único remédio que proporciona uma solução permanente é um transplante capilar.

 

Causas da perda capilar – a perda de cabelo difusa

Na perda capilar difusa, o cabelo afina-se uniformemente sobre a cabeça. Sob este termo, encontram-se várias causas de perda de cabelo. Reforçando a questão das hormonas:   podem causar perda capilar difusa, ou seja, durante ou após uma gravidez.

Outras causas de perda capilar difusa podem ser:

  • Efeitos colaterais de certos medicamentos
  • Doenças como diabetes ou disfunção devido à tiróide
  • stress (veja abaixo)
  • deficiência de nutrientes (veja abaixo)
  • dieta unilateral

Se suspeita que tem perda capilar difusa, consulte um médico para esclarecer as causas. O médico pode iniciar a terapia mais adequada. Um transplante de cabelo geralmente não é necessário em caso de perda capilar difusa, porque houve falha no crescimento do cabelo, uma vez que a causa é eliminada.

Razões para a perda capilar – a psique

Um fator a não ser desprezado nas causas da perda capilar é, naturalmente, a psique humana. Por exemplo, o stress é sempre um elemento negativo e pode desencadear a perda capilar difusa. Porque o stress pode influenciar definitivamente o ciclo do cabelo e, assim, garantir o aumento da perda capilar. Isso ocorre porque o corpo, quando sob stress constante, emite certas substâncias mensageiras e neurotransmissores, que por sua vez danificam os folículos pilosos.

Todas essas doenças têm em comum o facto de pertencerem à chamada alopecia não cicatricial e, portanto, os folículos pilosos serem preservados.

Uma condição em que o couro cabeludo é “cicatrizado” é o chamado pele ralador ou Alopecia Mucinosa. Novamente, como no Alopecia Areata, as razões para a queda capilar não são totalmente exploradas. O cabelo cai da mesma maneira que circula, com a diferença que o tecido cicatriza. Um transplante capilar, infelizmente, não é possível neste caso.

Solicite uma proposta